EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

MUSICAL DONA IVONE LARA SE DESPEDE DO RIO - VEM PRA SAMPA !!!



Nota do Produtor Jo Santana :

Obrigado, Rio! A cidade natal da nossa Dama do Samba nos abraçou de maneira calorosa, transbordando amor a cada sessão. Mais de 25 mil cariocas vieram ao Teatro Municipal Carlos Gomes para homenagear a vida e a obra de Dona Ivone Lara. Uma alegria imensa e que nos impulsiona a seguir acreditando no poder da arte. Nossa gratidão a todos os aplausos e abraços que recebemos nos últimos meses. Agora é hora de preparar tudo e levar essa história para ser contada no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, a partir de março de 2019. Sigamos juntos!

Som da Preta promove shows na Lapa Rio



Banda Black UP


Uma agenda de shows que promete agitar a noite carioca com muito samba, jazz e black music!
Uma mistura de samba, MPB, bossa nova, jazz, black music e muito suingue! Esta é a proposta do projeto “Som da Preta”, idealizado e comandado pela trombonista Katia Preta. A partir do dia 30 de novembro, o projeto irá promover momentos inesquecíveis no ambiente mais charmoso e animado da Lapa! E aí? Tá esperando o quê? Vem pro Som da Preta! Os shows acontecerão no Spaço Fractal, Rua do Lavradio, 170, Lapa, Rio de Janeiro. Todos os dias, o couvert artístico será 15 reais.




PROGRAMAÇÃO
SEXTA-FEIRA | DIA 30 DE NOVEMBRO
BANDA BLACK UP | 20h
A banda Black Up vem trazendo em seu repertório aquele charme do soul e do black que só o brasileiro tem. Aquela maledicência gostosa de causar inveja , com uma voz vibrante e brilhante, uma metaleira pesada, harmonia fantástica e um groove de tremer, vem chegando devagar e roubando a cena no cenário musical carioca .





DOMINGO | DIA 02 DE DEZEMBRO
PROGRAMA “JORNADA DE BAMBAS” COM AUREA MARTINS E ELIZIO DE BÚZIOS | 18h30
Quer relembrar os maravilhosos momentos da Era de Ouro do Rádio? Neste domingo, dia 02 de  dezembro, a partir das 18h30, o Som da Preta apresenta o programa de rádio “Jornada de Bambas” de Denise Corrêa, que terá como ilustres convidados a cantora Áurea Martins e, seu irmão, Elizio de Búzios, também cantor, violonista e compositor. Eles contarão histórias sobre suas carreiras, vidas pessoais, interpretações e composições – e após a entrevista, haverá um inesquecível show!




TERÇA-FEIRA | DIA 04 DE DEZEMBRO
KÁTIA PRETA DE BOSSA | 20h
Kátia Preta tocando e cantando o melhor da bossa nova, clássicos de artistas como Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Wilson Simonal, Elis Regina e muito mais…
A experiente trombonista já se apresentou e gravou com importantes nomes do cenário artístico nacional e internacional. Das bandas de baile às orquestras tradicionais de gafieira, Katia Preta já participou de inúmeros programas de rádio e TV e atualmente está no programa Jornada de Bambas, da radialista Denise Corrêa na Rádio Popular. Por 3 anos consecutivos, Katia foi indicada ao Prêmio da Musica Brasileira e premiada em duas ocasiões pelas participações nos CDs da Banda Trilogia Carioca, Orquestra Lunar e Áurea Martins


Gerson King Combo 



QUINTA-FEIRA | DIA 06 DE DEZEMBRO
BANDA SWING SUBURBANO | 20h
A Banda Swing Suburbano traz o melhor do swing, samba rock sambalanço, relembrando clássicos de Bebeto, Serginho Meriti e Seu Jorge. Além das músicas que eram tocadas nos antigos bailes de dança de salão, fazendo o dançarino riscar o salão e se emocionar com as músicas e dança, e colocando a maior pressão nos metais e harmonia. A banda tem um CD gravado com participações de Carlos Dafé, Gerson King Combo, Álvaro Rios, Ivo Meirelles , Dhema.


SERVIÇO:
ONDE: Spaço Fractal | Rua do Lavradio, 170| Lapa, Rio de Janeiro
COUVERT ARTÍSTICO: 15 reais
* Lista amiga na página de cada evento.


quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Bate-papo sobre graffiti com Kueia acontece no Sesc Belenzinho

Foto divulgação


O Sesc Belenzinho apresenta o bate-papo Relatos de Trajetória com a artista visual Karen Fidelis “Kueia”  no projeto Arte no Urbano do Sesc Belenzinho, no dia 1 de dezembro, sábado, às 15h, na Oficina I da unidade.

O bate-papo com a Kueia traz a oportunidade de conhecer sua trajetória artística e seus principais trabalhos.

Karen Fidelis é artista visual, grafiteira e ilustradora. Possui duas graduações em Artes Visuais pela Universidade Federal de Uberlândia, e é pesquisadora e palestrante do graffiti e pixação paulista e do Brasil Central, possuindo vários textos científicos publicados sobre os temas.


Kueia ( Karen Fidelis)

Natural de São Paulo/SP, iniciou suas práticas de graffiti em 1999. Em 2001 ganhou o apelido de "Coelho". Em 2012, já residindo em Uberlândia, percebeu que por causa do sotaque local, o personagem era chamado de "cueio", e a partir daí a artista começou a assinar Kueia em seus graffitis de rua.

Atualmente a artista é uma das grafiteiras mais reconhecidas do país, participando dos principais encontros de graffiti - dentre eles o "Meeting of Styles" no Rio Grande do Sul - e possuindo em seu currículo exposições individuais em galerias de grande renome em São Paulo, como o A7MA. Também já realizou produções para grandes empresas, como Uber, Ferrero Rocher, Ambev, Puma e Renault, além de murais para celebridades, como o piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton.



O projeto “Arte no Urbano” do Sesc Belenzinho contempla atividades em artes visuais e literatura que dialogam com a cultura urbana e suas diversas formas de expressão.

Serviço

Bate-papo: Relatos de Trajetória
Com: Karen Fidelis “Kueia”
Data: 1º de dezembro. Sábado, às 15h
Local: Oficina I.
Grátis. Duração: 2 horas.
Não recomendado para menores de 16.

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700.

Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).

O lugar da família negra brasileira - O esteriótipo (PERDIGÃO)

Babalawo Ivanir dos Santos 




Nota do Prof. Dr. Balabalawô Ivanir dos Santos

"Parecia ser mais umas das inúmeras propagandas relacionadas ao mês de dezembro! Mas, o que até então poderia ser uma cena confraternização se revelou o enorme abismo social que ainda vivemos, fruto do racismo estrutural que ainda rege a nossa sociedade. Assim, campanha publicitária", a cada Chester vendido, a Perdigão promete doar outro para uma família que precisa", que traz uma família negra como a "família que precisa", além de cair no lugar comum das representações estruturais e raciais no Brasil, reforça ainda mais os estereótipos marginais sobre as comunidades negras que ao longo dos séculos questionamos fortalece a ideia de uma suposta virtude da caridade a uma família branca em dar de comer à família negra pobre. Ora, nos bem sabemos que, mesmo diante de todas as tentativas de cerceamentos político, sociais e econômicos as comunidades negras vem ao longo dos anos tecendo redes de sociabilidade e empreendimentos e empreendedor


Projeto OLD ROGER vai invadir as ruas de São Paulo, para comemorar sua 13ª edição

New Orleans Jazz Band


Fonte : Carlos Romero 

Música, moda, artesanato, desing área kids e gastronomia em um evento MULT-ARTE com 175 marcas, 60 brechós, jazz e música eletrônica




Em sua 13ª edição, o Projeto Old Roger invade as ruas do Centro de São Paulo, para uma edição especial no dia 22 de dezembro, das 10:00hs às 22:00 horas.

Sobre a OLD ROGER:

O nome OLD ROGER era usado em tempos antigos para se referir a uma ‘bandeira pirata’ como uma referência à proposta alternativa de música, moda, gastronomia e arte.

Em edições anteriores o projeto já ocupou casarões abandonados, vagões de trens, porões e até um cemitério de fusca, sempre surpreendendo o público com suas locações “diferentonas” e com uma programação artística de boa qualidade. OLD ROGER já levou um número expressivo de marcas e Dj consagrados.
Uma produção independente, composta por um coletivo formado por profissionais de diversas áreas. Kauê Magalhães, coordenador do projeto diz que - “A proposta do Old Roger sempre foi ocupar espaços urbanos de forma inusitada, colocando o público em contato com as novas tendências e expressões artísticas da cidade”.

13ª edição:
Para comemorar a sua 13ª edição, com o público e seguidores, o coletivo escolheu as ruas próximas de um dos cartões postais mais bonito da cidade, o Edifício COPAM.

O evento vai ocupar as ruas Rua Araújo e Rua General Jardim, fortalecendo pequenos produtores, artesões, empreendedores e marcas independentes, através da exposição e venda de seus produtos em um grande bazar de Natal ao ar livre.

Diferencial desta edição:
palco de Jazz chega pela primeira ao evento e a curadoria está a cargo do apresentador Dudão Melo, do programa “Jazz Masters” – da Rádio Alpha FM.

Serão doze horas de programação ininterrupta entre exposição de artes, feira de artesanato, moda, brechós, empreendedores de vários segmentos e gastronomia em um evento que é a cara do a cidade. 

Programação:

PALCO JAZZ B
Em parceria com o Bar Jazz B, na Rua General Jardim, um palco intimista com a curadoria do Dudão Melo do Jazz Masters, traz uma programação de shows com o Coletivo Super Jazz e convidados, que promete quebrar tudo.

10:00 – 13:00 • Dj Dudão Melo
13:00 – 15:00 • JAZZ BB, com 
New Orleans Jass Band
Banda tocando acústico em um formato para bebes e crianças



Tocando no vinil 
Djs Mr. Rabbit | 
Thiago Duar | Tahira

20:00 - 22:00
SHOW COLETIVO SUPER JAZZ CONVIDA [ super jam ] 
Coletivo Super Jazz 3




Marcelo Monteiro [sax] Reginaldo 16 Toneladas [trompete]. Will Tocalino [trombone] Diego Raso [guitara] Chris Du Voisin [baixo] Thago Duar [beats] e Marina Decourt [voz]

O PALCO OLD ROGER, 
Músicas para dançar com House Music da melhor qualidade, apresentando Djs nacionais. Em destaque está um dos principais nomes da cena underground Luiz Pareto, idealizador e organizador de vários projetos de importância para a cena, entre eles a Rebolado (que lhe valeu o troféu Melhores da Noite Ilustrada, recebido no final de 2000, pela jornalista Erika Palomino - Folha de São Paulo, pela sua importância na consolidação da cena house de São Paulo).

PALCO OLD ROGER - Its House Music ▲

10:00 – 12:00 • Cazu
12:00 – 14:00 • 
Atum [ ursound ]
14:00 – 16:00 • 
Dany Bany
16:00 – 18:00 • 
Pareto [ rebolado ]
18:00 – 20:00 • Lu Fonzar
20:00 – 22:00 • 
Marcio Techjun [ motherchip - d.edge ]

  



▲ ESPAÇO PLU-BAR - Pista Subterrânea ▲

16:00 – 18:00 • 
Ghordo
18:00 – 20:00 • 
Gezender [ sangramuta ]
20:00 – 22:00 • Ronald
22:00 – 00:00 • 
Max Underson [ capslock ]
00:00 – 02:00 • 
Vivi An
02:00 – 04:00 • Monster at Work
04:00 – 06:00 • 
Fractal Mood
06:00 – 08:00 • 
Magal
         




                    Informações sobre espaços disponíveis para expositores:
 (11) 9 4043-1563 (whatsapp) c/ Kauê Magalhães kauemagalhaes@hotmail.com
(11) 9 7728-0581 (WhatsApp) c/ Carlos Romero carlosromero26@gmail.com

Disponibilizamos o Idealizador e organizador do projeto Old Roger Kauê Magalhães e o curador Dudão Melo, para entrevistas.

SERVIÇO:
Data: 22/12/2018
Hora: 10:00 às 22:00 horas
Local: Rua Araújo e Rua General Jardim
Ponto de referência: Ed. Copam
Informações para a Imprensa:
RC10 Comunicação
Carlos Romero (11) 9 7728-0581 rc10comunicacao@gmail.com