EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

TRIBUTO A JAIR RODRIGUES COM LUCIANA E JAIRZINHO - THEATRO NET



Tributo a Jair Rodrigues é uma homenagem dos cantores Luciana Mello e Jair Oliveira ao pai




Jair Oliveira e Luciana Mello preparam show e mostra de fotos em comemoração aos 80 anos de Jair Rodrigues Nos próximos dias 5 e 6 de fevereiro, o irreverente cantor da MPB e do samba Jair Rodrigues completaria 80 anos de vida.

O saudoso irreverente Jairzão com filhos Luciana e Jairzinho 


De acordo com os herdeiros – os filhos Jair Oliveira e Luciana Mello e a esposa Clodine – esta é a mais importante data em celebração ao artista e à memória do patriarca da família Rodrigues, antes do centenário, em 2039. Para comemorar, está sendo preparada uma plataforma de lançamentos inéditos ao longo deste ano, para fãs e admiradores do Jairzão.



As celebrações começam com um show-tributo a ser realizado pelos filhos, nos dias 5 e 6 de fevereiro, no Theatro Net, em São Paulo, com patrocínio da HP. Além de apoiadora, a marca também irá expor fotos do artista em grandes formatos e montará um espaço com notebooks, monitores curvos 34”e headphones, todos da HP, para que os participantes escutem o som dos vídeos de making-of do show do Jairzão. Ambas as ações exclusivas para os dias do show do homenageado.

 Em paralelo, Jair Oliveira, Luciana Mello e Clodine também estão envolvidos em documentário inédito para o cinema e exposição sobre Jair Rodrigues em museu.

SERVIÇO:

Classificação: 12 anos
Duração: 60 minutos
Meia-Entrada:
Crianças de 2 a 12 anos, Estudantes, Idosos com 60 anos ou mais, Jovens pertencentes a Família de Baixa Renda, Pessoas com Deficiência, Professores e Profissionais da Rede Pública Municipal de Ensino.

Formas de pagamento:
Todos os cartões de crédito, débito e vale cultura. Não aceita cheques. Clientes NET têm 50% de desconto na compra de até quatro ingressos.

 Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Bilheteria Theatro NET SP Endereço: Rua Olimpíadas, 360, Piso Térreo - Shopping Vila Olímpia - Itaim Bibi. Horário de Funcionamento: Segunda a Sábado das 10:00 às 22:00. Domingos e Feriados 12:00 ás 20:00 Capacidade: 800 lugares.







ASSIM FOI SEMANA NACIONAL DE COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

Todos os participantes no palco 

Fonte : Rozangela Silva 

Quando amigos compartilham de mesmo ideal: Do direito à fé e o respeito ao próximo.

Mais que movimento inter-religioso, uma perfeita harmonia de ideologias diversas, esse é o resumo 
das atividades na SEMANA NACIONAL DE COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, orquestrada pelo Babalawô Ivanir dos Santos.

Tunico da Vila, Kleber Lucas e Ivanir dos Santos 


Mas o que chamou mais atenção foi o fala emocionada do Pastor Kleber Lucas, dirigente da Igreja Batista Soul, na Barra (que recebe em torno de 500 pessoas nos cultos), ao relatar infância simples, mas acolhido por representantes evangélicos e de matriz africana. Mas o ápice ficou com a música cantada por Kleber e Tunico da Vila (adepto do candomblé) e com o DNA gritante, leia-se filho do Martinho (canta, anda, fala, do jeito igualzinho ao pai), que embalaram “Andar com Fé“ de Gilberto Gil, a plateia se esbaldou. Sem falar na integração na abertura com do coral yorubá e Duo Szpilman (músicos judeus),Cia Musical Awurê, trazendo canções em yorubá, ogan Kotoquinho, Grupo Awurê e Mário Broder também mandaram ver no palco
, no Festival Cantando a Gente se Entende, no Oi Casa Grande, Leblon.
 Todos saíram de alma lavada, abençoados e encantados... 

Baile Black 
Trio Szpilman
Awure 

Mário Broder 




Ainda sobre a SEMANA NACIONAL DE COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, outro momento marcante, aconteceu no salão nobre, que estava lotado, no IFCSs, Centro.

"A intolerância religiosa no Brasil é, praticamente contra o espiritismo, pelo medo que causam as reencarnações. O catolicismo também é agredido por causa do culto à imagens de santos e de Nossa Senhora, porém os intolerantes são mais raivosos contra as religiões de origem africana. Neste caso, a intolerância vem embutida de racismo por causa do culto aos ancestrais", essa foi a fala do músico Martinho da Vila, ao participar na mesa de debate com o tema "Culturas afro-diasporicas no combate à intolerância religiosa e o racismo". 

Yango Agen Afro 



E assim, uma série de atividades, no Rio, comandados pela CCIR e CEAP - criaram para atentar sobre a necessidade de se respeitar a diversidade religiosa. 



Nas fotos: Martinho da Vila com a escritora Helena Theodoro (acabou de lançar um livro o músico) e Ivanir dos Santos / Foto de Vanor Correia




E Tunico da Vila, Ivanir dos Santos com Kelber Lucas Foto de Henrique Esteves.   


Luiz Antonio Pilar 


Fabiano Prestes _ Defensor Público Federal 


Sami Brasil se preparando para apresentação 
Carolina Rocha 



Silvan Galvão 


Mestre Kotoquinho









quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

ELLEN OLÉRIA CANTA BEYONCÉ - SESC 24 DE MAIO

Foto: Helen Salomão 



A cantora Ellen Oléria visita a obra de Beyoncé, a artista mais premiada da recente canção pop mundial.
Ellen Oléria é uma cantora e compositora brasileira. Nascida e criada em Brasília, foi lá que se formou em Artes Cênicas na Universidade de Brasília. Com mais de 16 anos na estrada da música, a artista acumula prêmios em festivais, 5 discos lançados e turnês realizadas pelo Brasil e mundo afora.
Local: Teatro (1º subsolo)
Duração: 90 min

14/02
Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.


  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00
Venda online a partir de
05/02/2019 12:00
Venda nas unidades a partir de
06/02/2019 17:30
  • R$ 12,00
  • R$ 20,00
  • R$ 40,00
Venda online a partir de
05/02/2019 12:00
Venda nas unidades a partir de
06/02/2019 17:30

Black Mantra faz show com Gerson King Combo, Carlos Dafé e Hyldon



O Black Mantra investe no groove do soul funk instrumental
Reprodução/Facebook

Fonte : Comunicação SESC /Assessoria G K Combo (Ronaldo)

Banda paulistana instrumental de funk e soul, o Black Mantra tem surpreendido os fãs em shows energéticos.



Dessa vez, o grupo celebra o funk nacional dos anos 70 em um encontro histórico. O Black Mantra recebe neste sábado (2) e Domingo (3), no Sesc Mariana (SP), os cantores Gerson King Combo, Carlos Dafé e Hyldon.
As três lendas da soul music brasileira vão soltar os vozeirões em meio a instrumental afiada do Black Mantra. 

Gerson King Combo 

Carlos Dafé 

Hyldon

Black Mantra convida Gerson King Combo, Carlos Dafé e Hyldon
Onde: Sesc Vila Mariana - Rua Pelotas, 141, Vila Mariana (SP)
Quando: Sábado (2/2), às 21h. Domingo (3/2), às 18h
Quanto: De R$ 9 a 30 R$
Contato: (0xx11) 5080-3000



Bar Samba promove "reinaugurasamba" no dia 2 de fevereiro

Serão 12 horas de festa e Fundo de Quintal,
Nelson Rufino e Moacyr Luz são as atrações confirmadas

DSC_5864 Painel do Bar Samba - cultural.jpg
Famoso painel de caricaturas com grandes personagens do samba tem 13 metros.
Foto: Claudio Lira

Com motivos de sobra para comemorar 15 anos, o Bar Samba anuncia para o próximo dia 2 de fevereiro, das 13h até à 1 hora da manhã, a festa que vai marcar um novo capítulo de uma grande história, a reinauguração da casa, na Rua Fradique Coutinho, 1007, no bairro da Vila Madalena. Durante 12 horas o palco do bar receberá grandes nomes do samba, entre eles, o grupo Fundo de Quintal.

Poucos lugares em São Paulo guardam ao mesmo tempo a história da cidade e do gênero musical mais popular do Brasil. O Bar Samba se tornou desde 2004 o destino de muita gente bamba e dos amantes de boa música e da boa comida de boteco. Entrar no bar é penetrar num pedacinho da memória de muitos personagens ilustres, que estão estampados em fotos, ilustrações, pavilhões de escolas de samba e instrumentos musicais. Além, de um painel gigante (13 metros) de caricaturas que eterniza figuras como Cartola, Candeia, Beth Carvalho e Zeca Pagodinho, entre outros.

Muitas destas personalidades brilharam ao vivo no comando das tradicionais rodas de samba da casa, como Luiz Carlos da Vila, João Nogueira, Almir Guineto, Jovelina Pérola Negra, Dona Ivone Lara e Wilson Moreira, que foram inseridos no painel nesta nova fase, junto com as caricaturas de personagens do cotidiano como o gari, o coletor de lixo, as baianas e as passistas.

O cardápio com as comidinhas de boteco oferece porções generosas de pastéis – misto carne, queijo e palmito (R$ 38,00 com 6 unidades); coxinha de frango (R$ 32,00 com 08 unidades); bolinhos de bacalhau (R$ 42,00 com 12 unidades);  filés na chapa – acompanha batatas cozidas, vinagrete, farofa e pão francês (R$ 89,00, picanha; R$ 68,00 frango ou calabresa); o  torresmo “melhor de São Paulo” (R$ 32,00), entre outros, e  manterá a deliciosa feijoada completa (R$ 89,00), servida aos sábados, durante a roda de samba

Festa de 15 anos do Bar Samba – Salve 2 de fevereiro!

            O dia 2 de fevereiro não foi escolhido à toa. Dia de Iemanjá, a deusa das águas salgadas, segundo a religiosidade afro-brasileira e divindade protetora dos pescadores, é também a protetora do Bar Samba! Nesta data, há 15 anos, os sócios devotos da rainha do mar iniciaram essa história.

            Para marcar a data estão confirmados os shows de sambistas que fazem parte da história da casa e do samba. Os apresentadores da festa serão a jornalista Claudinha Alexandre e o ator Ailton Graça.

               Entrada: 1º lote até 23/01 - R$ 50,00. 2º lote até 30/01 -  R$ 80,00. 3º lote até 02/02: R$ 100,00. Camarotes - esgotados. Mesas: R$ 100,00 (capacidade para 4 pessoas. Poucas unidades disponíveis).
 
Programação

Fundo de Quintal – Com 40 anos de sucesso é, reconhecidamente, o grupo do gênero mais premiado e respeitado da história. No palco, Bira Presidente – que além de exímio pandeirista – é dono absoluto do samba no pé e junto com Sereno e Ubirany forma o trio pioneiro do Fundo de Quintal. Ademir Batera, o baterista sorriso e ainda Marcio Alexandre e Junior Itaguaí, os dois novos integrantes.

Moacyr Luz - O carioca, comandante do Samba do Trabalhador, possui 12 CDs gravados. Na sua carreira de compositor, mais de 100 músicas gravadas por diferentes intérpretes da MPB, como, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Maria Bethânia, Nana Caymmi, Beth Carvalho, Leny Andrade, Gilberto Gil e Leila Pinheiro.

Nelson Rufino - Compositor requintado, suas melodias têm a levada baiana e suas letras encampam o universo carioca. Oriundo da Escola de Samba Filhos do Tororó, em 1965, compôs seu primeiro samba enredo "Portais da Bahia", com o qual a escola foi campeã. Sua primeira música gravada foi "Alerta mocidade", por Eliana Pittman, em 1970. Um ano depois, ganhou o primeiro festival de samba do Bloco Apaches do Tororó, com o samba "Blusão do ano passado". De lá pra cá, só sucessos. Suas músicas já foram interpretadas por Dominguinhos do Estácio, Grupo Batacotô, Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Jorge Aragão, entre outros.

Grupo Sambabar - O Grupo Sambabar leva o nome da casa, pois tem em seu DNA o que denomina-se “samba de raíz”. Caracteriza-se como um encontro de músicos do eixo Rio São Paulo, com experiência em acompanhar grandes nomes do Samba, como Beth Carvalho, Grupo Fundo de Quintal e Seu Jorge. É formado por Koke Vai Vai (violão 7 cordas), Marcio Vanderley (cavaquinho), Bruno Parada (violão), Rodrigo dos Reis (flauta), Thiago Silva (pandeiro), Paulinho Sampagode (percussão geral), Nene Brown (percussão), Nailson Motta (percussão surdo), Leandro Costa (cantor).

Serviço

Festa de reinauguração - Bar Samba
Novo lugar para uma grande história

Dia: 02/02
Hora: das 13h à 01h
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1007 - Vila Madalena

Atrações: Fundo de Quintal, Nelson Rufino, Moacyr Luz e Grupo Sambabar. 
Apresentação: Claudinha Alexandre e Ailton Graça

Televendas e Reservas de mesas: (11) 95341-0198
Telefone: (11) 3819-4619

Preços - Dia 2/2 - Entrada: 1º lote até 23/01 - R$ 50,00. 2º lote até 30/01 -  R$ 80,00. 3º lote até 02/02: R$ 100,00. Camarotes - esgotados. Mesas: R$ 100,00 (capacidade para 4 pessoas. Poucas unidades disponíveis).

Cartões: Todos (não aceitamos Ticket Restaurante, Sodexo, Ticket Alimentação)
Estacionamento: não tem valet.
Acessibilidade: Rampa, elevador e banheiros

Funcionamento
Quarta-feira - das 19h à 01h
Quinta-feira - das 19h à 02h
Sexta-feira - das 19h às 03h
Sábado- 13h às 19h (Feijoada com Grupo Sambabar) e 21h às 03h (Samba Ao Vivo)
Entrada: quarta - R$ 20,00; quinta: R$ 20,00 mulher e R$ 25,00 homem; sexta e sábado - R$ 35,00.
Capacidade: 250 pessoas


Assessoria de Imprensa:  Central de Comunicação