EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Aula Aberta sobre a trajetória intelectual do professor africano Joseph Ki-Zerbo,

Joseph Ki-Zerbo 





Aula Aberta sobre a trajetória intelectual do professor africano Joseph Ki-Zerbo, 
  considerado o pai da historiografia africana, dia 22 no IFCS. 

Ainda sobre o espírito comemorativo e rememorativo do mês da consciências negra, a Coordenadoria de Experiências Religiosas Tradicionais Africanas, Afro-brasileiras, Racismo e Intolerância Religiosa (ERARIR), vinculada ao laboratório de história das experiências Religiosas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LHER/UFRJ) em parceria com o Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) estão organizando a Aula Aberta sobre a trajetória intelectual do professor africano Joseph Ki-Zerbo, considerado o pai da historiografia africana. 

Mariana Gino 


O professor Joseph Ki-Zerbo, um dos maiores historiadores e cientista social do século XX em defesa da historicidade do continente africano. Natural da aldeia  de Toma, noroeste do Alto Volta, atual Burkina Faso,  o professor Joseph Ki-Zerbo é um dos mais proeminentes intelectuais negros africanos do século XX, ganhando notabilidade na organização da Coleção Geral da História da África (HGA) uma das principais referencias para os estudos das históricas das Áfricas. 

Babalawo Ivanir dos Santos 


A aula aberta contará com o Prof. Dr Babalawô Ivanir dos Santos (Coordenador ERARIR/ UFRJ),  Prof. Doutoranda Mariana Gino - UFRJ e o Prof. Doutorando Kwesi ta Fari (Projetos Aksum livros). Tendo como mediador Cyro Garcia Junior é Professor de Filosofia - formado pela UERJ, Pós Graduando em Ciências Sociais e Educação Básica - PROPGPEC. Militante do Mov. Negro.
"A África tem uma história", essa é a celebre frase do professor Joseph Ki-Zerbo remove todas as estruturas dos estudos colonialistas na Europa e nas Américas, que pautavam o continente africano sobre a ideia do atraso, do exótico, do marginal. Ki-Zerbo, assim, promove a reescrita da história africana sobre os olhos e escritas do próprios africanos", afirma Ivanir dos Santos
  
O evento, contará ainda com a exibição documento Joseph Ki-Zerbo: Cientista Social da Unidade Africana.

"Além de grande historiador e cientista social, Joseph Ki-Zerbo foi um árduo militante pan-africanista e lutou pela unidade e desenvolvimento do continente africano. 
Esperamos que seus pensamento e trabalho possam despertar novos olhas e pesquisas sobre o continente africano", conclui Ivanir dos Santos

Dia 22 de novembro, às 18h  
Sala nº 400 do IFCS/UFRJ
Largo de São Francisco de Paula, nº1, Centro 
Entrada Franca




Nenhum comentário:

Postar um comentário