EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Dragão7 realiza última edição do Circuito de Teatro em Português







Em 2018, o grupo Dragão7 de Teatro celebra os 15 anos do festival de língua portuguesa que realiza em São Paulo, o Circuito de Teatro em Português, que, a partir de 2019, se transforma no Festival Internacional de Teatro - FIT Dragao7.

O Circuito fechará seu ciclo, visitando outros países de língua portuguesa: no próximo ano, com o nome original, será realizado em Portugal. 

O XII Circuito de Teatro em Português acontece entre os dias 16 e 25 de novembro com espetáculos no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, Teatro Popular Oscar Niemeyer, em Niterói /RJ, e Teatro Municipal de Araras, interior Paulista. As montagens fazem também circulação por várias unidades dos CEUs de São Paulo. São eles: Caminho do Mar, Vila Atlântica, Feitiço da Vila, Casa Blanca, Tiquatira, Alto Alegre, Formosa e Parelheiros.

Foto : Netos Bandim 


Os espetáculos para adultos são com o Grupo de Dança Netos de Bandim (Fidjus di Guiné Cultural – Guiné Bissau) e Grupo Dragão7 (Deus lhe Dê em Dobro – São Paulo). Para o público infantil (crianças e bebês) tem o Circuitinho com espetáculos da Cia. Teatro para Bebês Liliana Rosa (A Florestinha da Pati – Rio de Janeiro), Cia. TeatroPlage (De Cá para Lá - Lisboa/PT) e Grupo Dragão7 (Pés na Estrada)

Segundo Creuza, “esta última essa edição do Circuito é marcada pela resistência, pois acontece dentro do atual cenário brasileiro, sem qualquer estimulo à iniciativa de investimento na criação e realização cultural”. E completa: “portanto, realizaremos uma edição simbólica com recursos próprios e a colaboração dos artistas participantes”. 

O Circuito

O Circuito de Teatro em Português foi criado, em 2003, com o objetivo de promover o intercâmbio cultural entre os oito países de língua portuguesa: Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné Bissau e Timor Leste. “Por meio do teatro, depois abrangendo também a dança e as artes plásticas, buscamos nesses anos o estreitamento das relações artísticas e o reconhecimento de nossas diferenças e semelhanças culturais”, declara Creuza F. Borges, diretora do Dragão7 e do Circuito.

Nesses 15 anos de história, foram realizadas 445 apresentações, 54 oficinas e 17 seminários em 56 cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Paraná, para um público aproximado de 84 mil pessoas.

O Circuito de Teatro em Português proporcionou a realização de coproduções entre companhias de Portugal e Moçambique, Portugal e São Tomé Príncipe, Brasil e Portugal; artistas brasileiros tiveram a oportunidade de se formar e trabalhar em Portugal, por meio das oficinas realizadas pelo festival. Assim como artistas portugueses fizeram residência artística e trabalharam com o Grupo Dragão7, durante um período de colaborações primordiais ao fortalecimento desse projeto.

“Esse intercâmbio valorizou a integração entre artistas e grupos de teatro dos países de língua portuguesa. A organização agradece a todos que participaram, pois foi uma caminhada longa e emocionante”, desabafa a diretora. O projeto também resultou na criação do Ciclo de Teatro Brasileiro, em Arcos de Valdevez, que possibilita a apresentação, em Portugal, das novas perspectivas das artes cênicas brasileiras, que este ano realizou sua 12ª edição.


Foto: Alan Oliveira 


PROGRAMAÇÃO 2018 / 16 a 25 de novembro de 2018

16 de novembro (sexta)

Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer - Niterói /RJ.
16h - Circuitinho
Espetáculo para bebês: De Cá para Lá
Portugal/Lisboa: Cia. TeatroPlage
Indicação: a partir dos 6 meses. Duração: 35 min.

Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer - Niterói /RJ.
18h - Circuito
Espetáculo: Fidjus di Guiné Cultural
África / Guine Bissau: Grupo de Dança Netos de Bandim
Grátis. Classificação: Livre. Duração: 60 min.

18 de novembro (domingo)

Local: Teatro Municipal de Araras - Av. Dona Renata, 4091- Vila Pastorello. Araras/SP.
11h - Circuitinho
Espetáculo para bebês: De Cá para Lá
Portugal/Lisboa: Cia. TeatroPlage
Indicação: a partir dos 6 meses. Duração:35 min.

19 de novembro (segunda)

Local: CEU Caminho do Mar - R. Eng. Armando de Arruda Pereira, 5241 - Jabaquara - SP.
14h - Circuito
Espetáculo: Fidjus di Guiné Cultural
África / Guine Bissau: Grupo de Dança Netos de Bandim
Grátis. Classificação: Livre. Duração: 60 min.

20 de novembro (terça)

Local: CEU Vila Atlântica - Rua Coronel Jose Venâncio Dias, 840 - Pirituba/SP.
16h - Circuito
Espetáculo: Fidjus di Guiné Cultural
África / Guine Bissau: Grupo de Dança Netos de Bandim
Grátis. Classificação: Livre. Duração: 60 min.

21 de novembro (quarta)

Local: CEU Feitiço da Vila – Rua Feitiço da Vila, 399 - Capão Redondo. SP/SP.
9h - Circuitinho
Espetáculo para bebês: De Cá para Lá
Portugal/Lisboa: Cia. TeatroPlage
Grátis. Indicação: a partir dos 6 meses. Duração: 35 min.

Local: CEU Casa Blanca – Rua João damasceno, 85 - Campo Limpo. SP/SP.
14h - Circuitinho
Espetáculo para bebês: De Cá para Lá
Portugal/Lisboa: Cia. TeatroPlage
Grátis. Indicação: a partir dos 6 meses. Duração: 35 min.

Local: CEU Tiquatira - Av. Condessa Elisabeth de Robioano, s/n - Penha. SP/SP.
15h - Circuitinho
Brasil/São Paulo: Grupo Dragão7
Espetáculo: Pés na Estrada
Grátis. Classificação: Livre. Duração: 60 min.

22 de novembro (quinta)

Local: CEU Alto Alegre – Rua Bento Guelfi, 1802 - Iguatemi. SP/SP.
9h - Circuitinho
Espetáculo para bebês: De Cá para Lá
Portugal/Lisboa: Cia. TeatroPlage
Grátis. Indicação: a partir dos 6 meses. Duração: 35 min.

Local: CEU Formosa - R. Sgt. Claudiner Evaristo Dias, 10 - Vila Formosa. SP/SP.
10h - Circuitinho
Espetáculo: Pés na Estrada
Brasil/São Paulo: Grupo Dragão7
Grátis. Classificação: Livre. Duração: 60 min.

Local: CEU Formosa - R. Sgt. Claudiner Evaristo Dias, 10 - Vila Formosa. SP/SP.
14h - Circuito
Espetáculo: Deus Lhe Dê em Dobro
Brasil/ São Paulo: Grupo Dragão7
Grátis. Duração: 60 min. Gênero: Tragicomédia. Indicação: 10 anos.

23 de novembro (sexta)

Local: CEU Parelheiros - Rua José Pedro de Borna, 20 - Capela do Socorro. SP/SP.
10h - Circuito
Espetáculo: Deus Lhe Dê em Dobro
Brasil/ São Paulo: Grupo Dragao7
Grátis. Duração: 60 min. Gênero: Tragicomédia. Indicação: 10 anos.

Local: CEU Parelheiros - Rua José Pedro de Borna, 20 - Capela do Socorro. SP/SP.
15h - Circuitinho
Espetáculo: Pés na Estrada
Brasil/São Paulo: Grupo Dragao7
Grátis. Classificação: Livre. Duração: 60 min.

24 e 25 de novembro (sábado e domingo)

Local: Teatro Sérgio Cardoso - Rua Rui Barbosa, 153 - Bela Vista. SP/SP.
15h - Circuitinho
Espetáculo para bebês: A Florestinha da Pati
Brasil/Rio de Janeiro - Cia Teatro para Bebês Liliana Rosa
Indicação: a partir dos 6 meses. Duração: 30 min.
Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)

OS ESPETÁCULOS

Portugal/Lisboa: Cia. TeatroPlage
Espetáculo para bebês: De Cá para Lá

Sinopse - "A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem" - A. Schopenhauer (1788-1860).  De Cá para Lá é parte de uma pesquisa que o diretor Paulo Lage desenvolve ao longo de 20 anos dedicados ao teatro para a infância, trabalhando em torno do respeito e amor pelos animais. “Cruzámos o teatro com a música, a dança e as artes visuais de forma lúdica e sensorial para construir um espetáculo de entretenimento que não desconsidere a importância das artes no desenvolvimento psicossocial na infância”, comenta o diretor. Este espetáculo é uma criação dos performers Paulo Lage, Cheila Lima, Christophe Santos e das bailarinas Carolina Branco e Sofia Loureiro. Ficha técnica – Direção: Paulo Lage. Criação coletiva: Paulo Lage, Cheila Lima, Chris Santos, Carolina Branco e Sofia Loureiro. Desenho de luz: Paulo Lage. Fotografia: Gonçalo Villaverde. Produção executiva: Tiago da Câmara Pereira.

África / Guine Bissau: Grupo de Dança Netos de Bandim
Espetáculo: Fidjus di Guiné Cultural

Sinopse - O espetáculo Fidjus di Guiné Cultural do Grupo de Dança Netos de Bandim traz ao Brasil toda a herança cultural, orgânica e percussiva das etnias da Guiné Bissau. Suas danças e ritmos derivam das 33 tribos que habitam aquela região do velho continente, há milhares de anos. Cada movimento é inspirado na rotina cotidiana dos povos primitivos e seus rituais, os quais abençoavam toda a comunidade. Ficha Técnica - Percussão: Augustinho Nganha, Rociano Có e Baltazar Baldé. Dançarinos: Adozai Gomes, Osvaldo Neto, Livigia Monteiro e Vladimira Cassamá. Coordenador: Ector Diógenes Cassamá. Produção executiva no Brasil: Beto Oliveira.

Brasil/RJ - Cia Teatro para Bebês Liliana Rosa
Espetáculo para bebês: A Florestinha da Pati

Sinopse Na encenação, a floresta é povoada por diversos bichinhos e espécies, da fauna e da flora. A bebezinha Pati interage com os bichinhos, que são dublados, trazendo realismo e ‘hipnotizando’ as criançinhas, pois Liliana Rosa usa uma linguagem apropriada para os pequenos. O conceito de sustentabilidade, a responsabilidade e o carinho para com o meio ambiente aparecem de forma lúdica e divertida. Temas relacionados à maternidade e à família conduzem a encenação e alertam não só para a preservação ambiental, mas também para educação artística desde a primeira infância. A Florestinha da Pati é uma performance teatral poética. A história é contada por associações e analogias que vão do real ao imaginário, buscando uma identidade com os pequeninos e seus acompanhantes. O espetáculo mescla técnicas dos musicais com uma cuidadosa adaptação para os bebês. São canções autorais criadas especialmente para a peça em um cenário cheio de cores embasadas na cromoterapia e associadas à musicoterapia. No final, as crianças participam de uma vivência sensorial com seus pais (ou acompanhantes) com os objetos de cena e os atraentes bichinhos. Ficha técnica - Direção, texto e músicas: Alan de Oliveira. Pesquisa: Liliana Rosa e Alan de Oliveira. Elenco: Liliana Rosa. Produção musical, trilha sonora e designer gráfico: Alan de Oliveira - Mix Áudio & Vídeo Produções. Dublagem: Liliana Rosa, Alan de Oliveira e Paula Rego. Produção: Alan de Oliveira. Cenário e figurino: Clívia Cohen. Desenho de luz: Marianna Linhares e Alan de Oliveira.

Brasil/SP: Grupo Dragão7
Espetáculo: Pés na Estrada

Sinopse - No enredo, três palhaços estão com os pés na estrada: Casimira, Bob e Bu. Por onde passam, levam alegria e diversão. No meio da viagem, param para descansar. A partir daí, protagonizam muitas peripécias e se envolvem em confusões, pois cada um, com sua personalidade característica, tem um jeito próprio de fazer as coisas. No final da aventura eles descobrem que fazer as coisas juntos é muito mais gostoso e proveitoso. Usando objetos inusitados e muitas brincadeiras para promover um jogo interessante e divertido. Pés na Estrada instiga a imaginação do espectador e o convida a viajar por um mundo imaginário. Ficha técnica:Texto: Criação coletiva Dragão7. Direção: Creuza F Borgez. Atores: Ailton Rosa, Daniel Dheme e Leticia Bortoletto. Percussão: Daniel Dheme. Figurino: Marli Bortoletto. Fotos: Vanessa Dutra.

Brasil/SP: Grupo Dragão7
Espetáculo: Deus Lhe Dê em Dobro

Sinopse - Zonda (vivida por Leticia Bortoletto) é cega. Tiri (interpretado por Junior Lima) tem os braços amputados. Eles são mendigos. Vivem pelas ruas com a esperança de que um dia o milionário Drumond Galaska volte, como prometera, para buscá-los e tirá-los da miséria. Enquanto aguardam, Zonda e Tiri falam sobre suas condições de vida, inegavelmente ligadas a questões complicadas como a acessibilidade social e econômica, a crise financeira mundial e a má distribuição dos recursos. Em debate também está o preconceito e a discriminação ao terem de encarar a opinião daqueles que defendem ser a pobreza culpa deles próprios, pois “nascem aos montes, sem ter sequer migalhas de pão para comer”. A montagem é uma adaptação bem humorada da diretora Creuza F Borges para o texto A Cavaqueira do Poste, de Sérgio Mabombo (integrante do Grupo Lareira, de Maputo/Moçambique), resultado do intercâmbio que o Dragão7 desenvolve junto a países de língua portuguesa. Ficha técnica - Texto original: A Cavaqueira do Poste, de Sérgio Mabombo. Encenação e adaptação do texto para o título Deus Lhe De em Dobro: Creuza F Borges. Elenco: Letícia Bortoletto e Júnior Lima. Produção: Grupo Dragao7. Fotos: Vanessa Dutra.

Ficha técnica – XII Circuito de Teatro em Português

Realizadores: Ailton Rosa, Creuza F Borges, Daniel Dhemes, Junior Lima, Leticia Bortiletto,
Marli Bortoletto, Humberto Fittipaldi, Marcos Barros e Sergio Portella.
Logo: Leandro Durand
Web designer: Denil Cezar
Criação gráfica: Flavio Carvalho
Registro em vídeo: Romana Flora
Assessoria de imprensa: Verbena Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário