EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Show NOS CHAMAM ÉBANOS, em única apresentação - 15 de agosto, no Teatro Municipal de Niterói



 Luiz Pié e Vidal Assis 


O show Nos chamam ébanos tem esse nome por unir o canto de dois jovens cantores negros ligados ao samba, à bossa-nova e a MPB: Luiz Pié e Vidal Assis. Luiz e Vidal trazem em sua pele e em sua música os encantos de sua ancestralidade africana, a qual temperou os sons do Brasil, colaborando para que nossa música fosse reconhecida e aclamada no mundo inteiro. 

O repertório deste show espraia clássicos de ícones como Djavan, Jorge Ben, Arlindo Cruz, Caetano Veloso, dentre outros. Num momento em que se repensa o papel do negro na sociedade, numa tentativa de correção de fatos históricos que macularam o povo negro no Brasil ao longo dos séculos, este show representa um retrato da resistência de um povo que, mesmo enfrentando tantas mazelas históricas, construiu um panteão musical de qualidade e riqueza inquestionáveis. 

Além disso, este show compõe uma representatividade simbólica do povo negro brasileiro, que, mesmo constituindo mais da metade da população, por diversas vezes não se vê representado em igual proporção nos veículos de comunicação, nos meios de produção intelectual e nos cenários de cultura e entretenimento. 

Luiz Pié, 30 anos, é cantor de MPB e Bossa Nova. Após o lançamento de seu disco “Memória Afetiva”, produzido por Roberto Menescal e com participação de Milton Nascimento, Pié levou sua música pelo mundo, se apresentando em países como Japão, Indonésia, Cingapura e França, além de se apresentar em programas de grande público, como o Altas Horas, da Rede Globo. Sobre Luiz, afirma Milton Nascimento: “Ele nasceu cantor, não tem como explicar”. “Essa voz é tudo que eu gostaria de ter na vida”, reitera Roberto Menescal. 




Vidal Assis, 33 anos, é cantor ligado ao samba e à MPB, além de ser compositor de talento da nova geração da música popular brasileira, compondo sozinho e com uma gama de parceiros musicais como Hermínio Bello de Carvalho, Ronaldo Bastos e Elton Medeiros. Lançou o disco “Álbum de Retratos” em 2017, obtendo duas indicações do 28º Prêmio da Música Brasileira, o mais importante prêmio de música do país: o de artista revelação e melhor cantor de MPB. O Show ganha reforço da banda, formada com piano por Leandro Freixo, no baixo - Adriano Giffone e na percussão com Nilson Batata. Com Prod. Musical e Manager: Djalma Marques (djalmamarques@scorpionshow.com).

Nessa quinta - 15 de agosto, às 19h
No Teatro Municipal de Niterói
Rua Quinze de Novembro, 35 - Centro / Niterói 
Tel: 2620 1624
Ingressos por: Inteira - R$ 50,00 -  R$ Meia 25,00
Classificação indicativa: Livre



Nenhum comentário:

Postar um comentário