EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Lançado ontem o 2º Curso de Extensão: Formação de Multiplicadores no Combate à Intolerância Religiosa, coordenado pelo Prof. Dr. Babalawô Ivanir dos Santos




Fonte : Rozangela Silva 

As intolerâncias, travestidas muitas vezes de liberdade de expressão, ainda é um dos maiores desafios das sociedades contemporâneas seja aqui no Brasil ou em qualquer outro lugar no mundo. E foi pensando sobre os desafio, em construir diálogos plurais voltados para as diversidades, que a  Coordenadoria de Experiências Religiosas Tradicionais Africanas, Afro-brasileiras, Racismo e Intolerância Religiosa (ERARIR), vinculada ao Laboratório de História das Experiências Religiosas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LHER/UFRJ), em parceria com o Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP), lançou, no dia 18 de setembro, o 2º Curso de Extensão: Formação de Multiplicadores no Combate à Intolerância Religiosa.  




Trazendo para o campo do debate acadêmico temas como "Fundamentalismo religioso, Intolerância Religiosa, Estado Laico, Liberdades, Pluralidade e Humanidades", o curso recebeu mais de 400 inscrições, alunos dos mais diversos cursos de graduação de universidades públicas e privadas do Rio de Janeiro, e promete repedir o sucesso da primeira edição. À frente desse projeto está o Professor Pós-doutorando Babalawô Ivanir dos Santos, interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa e um árduo defensor dos diretos humanos.  

Segundo o professor e religioso "o número significativo de  procura pelo curso evidencia uma necessidade real da sociedade brasileira em conversar e construir propostas plausíveis para o combate às intolerância no país". O curso será realizado todas às terças feiras, de 14h às 17h, no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ) e contará com a participação de outros professores que se debruçam sobre o estudo do tema.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário