EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Gumboot Dance Brasil apresenta espetáculo e vivência no Sesc Belenzinho




Foto: Kelson Barros 

Sesc Belenzinho apresenta o espetáculo Yebo com o grupo Gumboot Dance Brasil no dia 24 de agosto, sexta, às 20h. No mesmo dia, às 19h, acontece uma vivencia com integrantes da companhia, a qual consiste numa experimentação de percussão corporal. As atividades, que integram o Encontro de Práticas Corporais - Abra-se, são grátis.

Gumboot – dirigido por Rubens Oliveira - é uma dança popular com botas de borracha, criada pelos trabalhadores das minas de carvão, ouro e diamantes da África do Sul, no século XIX. Trabalhando em regime praticamente de escravidão, os nativos sul-africanos foram contratados para trabalhar nas minas em péssimas condições de existência, impossibilitados sequer de falarem entre si.


Yebo é o segundo espetáculo do Gumboot Dance Brasil. Aborda a exploração, tanto das minas como dos sete povos levados para extração de minério, a criação de um dialeto sonoro a partir das batidas nas botas de borracha, a espera das mulheres por seus maridos mineiros durante a temporada de exploração das minas.

A batida das botas de borracha no chão das minas foi uma linguagem criada para a comunicação, já que pessoas de diversas etnias viviam confinadas. A cadência das botas e seus movimentos aos poucos evoluíram para uma dança. Segundo Rubens Oliveira, havia diversas simbologias que simplificavam essa comunicação como a saudade da família, o trem que os conduzia às minas e a própria iniciativa de se divertir por mais que estivessem em condições insalubres de trabalho. “A coerência de sons e ritmo foram amadurecendo e aos poucos transformaram a ‘comunicação das botas’ em dança”, explica o bailarino.



Com o espetáculo o grupo faz uma reflexão sobre as semelhanças entre um homem da África do Sul recrutado para trabalhar numa mina de ouro - numa situação que se assemelha ao trabalho escravo (embora legalmente não o seja) - com um homem brasileiro que sobe na carroceria de um caminhão com uma promessa de trabalhon que é só uma esperança. Yebo reflete esse desejo de construir uma vida melhor, de se aventurar numa oferta ‘milagrosa’ capaz de mantê-los vivo e dar sustento aos seus.

Ficha Técnica - Direção geral: Rubens Oliveira. Direção musical: Lenna Bahule. Pesquisa e argumento: Rubens Oliveira. Elenco: Danilo Nonato, Diego Henrique, Fernando Ramos, Lenna Bahule, Munique Mendes, Naruna Costa, Pablo Araripe, Pâmela Cristina, Rubens Oliveira, Rafael Oliveira, Samira Marana, Silvana de Jesus, Washington Gabriel. Músicos: Dudu Marmo (baixo) e Maurício Oliveira (sax, percussão). Produção: Kelson Barros Wangles.

Gumboot Dance Brasil

O Gumboot Dance Brasil começou em 2008, a partir da pesquisa do bailarino e coreógrafo Rubens Oliveira. Rubens teve sua formação inicial com Ivaldo Bertazzo, tendo feito parte de sua companhia durante oito anos. Depois disso trabalhou com profissionais como Antônio Nobrega, Inês Bogéa, Susana Mafra e Benjamin Taubkin. Teve contato com o gumboot na Cia. Ivaldo Bertazzo, com o grupo Kova Brothers, da África do Sul, dando início a um grupo de pesquisa e viajando à África do Sul para conhecer melhor a técnica. De volta ao Brasil formou o Gumboot Dance Brasil que estreou o primeiro espetáculo em 2010. Rubens e o grupo já estiveram em Paris ministrando workshop, além de mostrarem seu trabalho em vários lugares da capital e interior de São Paulo. Em 2013, estreou a segunda montagem, Yebo. A proposta da companhia é pesquisar e difundir esta técnica. Formado por 14 bailarinos, utiliza-se de base rítmica, da percussão corporal e dos cantos como elementos centrais, assim como a constante articulação entre as riquezas culturais das duas nações. Pontos de semelhança são explorados no trabalho de pesquisa, trazendo uma releitura da técnica gumboot ao contexto cultural brasileiro. Seu novo espetáculo é Subterrâneo.





Serviço

Vivência: Gumboot
24 de agosto. Sexta, às 19h
Não recomendado para menores de 12. Duração: 1h30
Grátis. Senha com 30 minutos de antecedência no local.

Espetáculo/dança: Yebo
Com Gumboot Dance Brasil
24 de agosto. Sexta, às 20h
Duração: 50 min. Livre.
Grátis. Retirada de ingressos 2h antes, no balcão.

Local: Sala de Espetáculos 2 (100 pessoas)

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700

Nenhum comentário:

Postar um comentário