EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Debate: A importância da liberdade religiosa", no Primavera Literária 2019, no Museu da República

A importância da liberdade religiosa, foi o tema de debate no  Primavera Literária 2019, na tarde de sábado,  no Museu da República.

Cristina Warth, Ivanir dos Santos, Diana Kuperman, Marcos Amaral 



Uma excelente explanação na Tenda Taperebá, no Museu da República, no Catete. Com mediação Cristina Warth - Editora Pallas e os especialistas Prof. Dr. (UFRJ) Babalawô Ivanir dos Santos, Pastor Marcos Amaral -  da Igreja Presbiteriana de Jacarepaguá e Diana Kuperman - Comunidade Judaica, sobre o tema A Importância da Liberdade Religiosa. Que fazia parte do projeto Primavera Literária 2019, tradicional feira de autores e editoras independentes. 

"Debate pungente, de grande importância e necessário para todos. Esperamos chamar a atenção para direito em proferir a fé. Reforçar a necessidade de monitoramento contínuo como uma forma de desenvolver políticas mais eficazes de combate à intolerância". afirmou Ivanir dos Santos, que inclusive acabou de lançar "Marchar não é Caminhar", pela Pallas Editora. Organizador de outros títulos, traz agora seu 1º livro como autor. Ivanir recebeu recentemente o prêmio Internacional Religious Freedom (IRF), pelo Departamento de Estado do Governo dos Estados Unidos. 



A roda de conversa aconteceu ao ar livre, tento ao lado diversos estandes de variadas editoras. Contou ainda com participação com peguntas e opiniões de ouvintes.
Veementes, o Pastor Marcos Amaral afirmou que - "A intolerância religiosa é fruto da ignorância". "Nunca se matou tanto no mundo, em nome de um Deus...", alegou Diana Kuperman, que é também autora de livros.

A editora da Pallas - Cristina Fernandes acrescentou - "Como editora me sinto tensa, desse aniquilamento físico e moral, não podemos deixar de nos posicionarmos, temos que resistir"



A 19ª edição do Primavera Literário 2109, prestou homenagem à Amazônia. Com o lema Equidade, Sustentabilidade e Bibliodiversidade. A feira começou no dia 3 e aconteceu até domingo. O evento é organizada pela LIBRE desde 2002. Com uma intensa programação cultural. Conhecida por sua pluralidade temática, o evento ocupou os jardins do Museu da República, com diversas atividade, contação de história, lançamento de livros, palestras, debates, oficinas  e outros. Evento bacana e de grande relevância, afinal, ler não é apenas fundamental: é necessário! 


Foto de Rozangela Silva



Nenhum comentário:

Postar um comentário