EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Cantor e compositor Vander Carvalho prepara novo álbum para 2019




Morando atualmente em São Paulo, o cantor e compositor carioca Vander Carvalho está trabalhando um novo álbum com sambas inéditos para ser lançado em 2019. Vander já gravou oito faixas, inclusive a que tem a participação especial do seu grande mestre Ronaldinho o Craque do Samba, ex-integrante do Fundo de Quintal. 

Vander Carvalho cresceu em Acari, no Rio de Janeiro, vendo seu tio tocar cavaquinho. Adolescente, começou a participar de batucadas com amigos de infância, porém apenas como observador. 

Aos 18 anos um desses amigos o apresentou ao professor Ronaldinho, ex-Grupo Raça e cavaquinista do grupo Fundo de Quintal por 25 anos. Vander saia a pé diariamente de Acari para frequentar as aulas na Pavuna.

De aluno e professor, Vander Carvalho e Ronaldinho se juntaram para escrever sua primeira música gravada pelo Fundo de Quintal e que também contou com a parceria do compositor Luciano Nascimento, um dos fundadores do grupo Revelação, cujo título é Testemunhas do Amor.

Posteriormente, Vander, Ronaldinho e Luiz Carlos criaram outra música gravada pelo Fundo de Quintal que é o samba Merece Respeito, um dos clássicos do grupo mais tocado do país. A partir daí, teve a certeza de que havia nascido para o samba. O Fundo de Quintal também gravou Laços de Amor, outra composição sua com Ronaldinho. 




Vander ainda tem duas músicas gravadas por Vagninho, ex-Negritude, que são “Nossa parceria” - com a participação do Péricles -, e “As consequências do amor”.

O sambista carioca também tem três sambas de sua autoria gravadas pelo grupo Os Originais do Samba - que teve como integrante o saudoso cantor e comediante Muçum (Os Trapalhões): “Pai, meu herói, meu exemplo”, “É preciso acreditar e “Feliz demais”. Todas têm a participação de Rogério Santos, integrante do Os Originais do Samba, e com quem já compôs mais de 20 letras.

Acyr Marques, André Rocha, Sinval Correia e Serginho Procópio são outros parceiros do sambista carioca que também tem músicas gravadas pelo Mania da Gente, Gamação, Sassarico e grupo Ginga. Já são mais de 50 composições gravadas por artistas de diversos estados brasileiros.

Aos 42 anos, Vander Carvalho contabiliza participações em grupos tradicionais do samba como o Exporta Samba, fundado em 1969 pelo cantor e compositor Dominguinhos do Estácio, grupo Samba Confete, e do Pagode da Tia Gessy, no Cachambi, que completa 40 anos em 2018 e é considerado um dos mais tradicionais do Rio de Janeiro e onde Vander Carvalho substituiu o cantor Xandy de Pilares.

Chamado de poeta por seus sambas suaves e românticos, Vander passeio do partido alto ao samba enredo. “Sou sambista”, define ele.

Em São Paulo, Vander Carvalho segue projetando seu trabalho e apostando no novo CD. Enquanto prepara o álbum, promove o samba por meio dos projetos Lá na Favela e O Samba Merece Respeito.

“Enquanto o sol brilhar…Em cada alvorecer…Ao mundo vou cantar…Que eu só amo você…” (Laços de Amor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário