EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

DÉLCIO TEOBALDO LANÇA ESCAMBO E PROPÕE DIÁLOGO ENTRE TECNOLOGIAS E TRADIÇÕES




Fonte: Rozangela Silva 

Educador, escritor, documentarista, etnomúsico, Délcio Teobaldo expõe, em Escambo, impressões da infância, no interior de Minas Gerais, às viagens e formação profissional, em que legitima e dimensiona os saberes inerentes a sua herança moura, judia, indígena e negra.

No livro, o autor afina a narrativa com os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), ao trabalhar os conceitos de tradição e tecnologias; local e global; bens naturais comuns; governança e outros, lincados à agenda 2030.

“Neste contexto”, afirma Teobaldo, “Escambo estimula discussões em que todos, somos atores comprometidos. Não importa, vivermos em metrópoles ou em comunidades pastorais agrícolas, como aquela onde nasci; em outras com que convivi como Samir de los Caños, na Espanha; Salamina Putumuju, Bahia; Iranduba, Amazonas; dentro das universidades ou em pesquisas acadêmicas. Independente da diversidade, esses povos e lugares têm, como ponto comum o ciclo de plantio, cuidado e colheita e suas culturas orais rítmicas. É onde os ritos das tradições e os recursos das tecnologias dialogam de maneira complexa e afetiva.”



            
Em Escambo, esses contatos e vivências do autor fluem num itinerário reflexivo sobre a urgência de associar a Inteligência Artificial (AI) à Inteligência Alimentar (IA), segundo ele, discussão essencial nas políticas das Smart Cities . Na apresentação do livro, o historiador Luiz Antonio Simas chama atenção para isto:

“As páginas que seguem conversam sobre o poder da palavra como a enzima catalisadora dos ritmos e sapiências de mundos brincados, sentidos, afagados, experimentados, tateados, aguçados (...) como alicerce de uma proposta de pedagogia ancorada em estímulos táteis, visuais, sonoros e degustativos. O sentimento mundeiro”.

Délcio Teobaldo é autor do romance Pivetim, quarto prêmio brasileiro Barco a Vapor e ganhador do APCA; Gerente de Projetos da Secretaria Municipal de Ciências Tecnologia e Comunicações de Maricá (RJ); Editor Executivo e autor-roteirista da TVBrasil; Articulista do site “Observatório da Imprensa”; Publisher, Kabula Arts and Projects (UK/BR); Cidadão Honorário do Estado do Rio de Janeiro; pesquisador e ensaísta, tem obras citadas em teses da Princeton University (USA) – “Like Forest Hardwoods: Jongueiros Cumbas in a Central-African Slave Quarters”, by Robert W. Slenes, 2008; Universidade Federal Fluminense (UFF) – “Mitopoiese dos Tambores – Discurso e Poesia no Jongo”, Fabiano Avelino da Silva, 2008; Universidade Federal de Pernambuco (UFP) –Decidindo o que é notícia” – Os bastidores do telejornalismo”. Alfredo Vizeu, 2006; Universidade Federal de Brasília (UNB) – “Relatos sobre o Jongo: Reflexos e episódios de um pesquisador negro”. Adailton da Silva, 2006; Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Potencialidades dos discursos jornalísticos no Brasil”. Beatriz Becker, 2003.

Descende da família Santos, cristãos novos que imigraram da Península Ibérica para o Recife, no século XIX e, depois, para o interior de Minas Gerais.


LANÇAMENTO DO LIVRO ESCAMBO
Local – Porto Digital
Endereço: Cais do Apolo, 222
Recife 
Dia – 25 (terça) de setembro
Hora – 19hs às 21hs
À  venda em todos os eventos de hackers, Hackcittys, Cidades Inteligentes, ODS - Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, começando pelo Recife, maior pólo de tecnologia do país.
Por R$ 30,00
DT Editora 
111 páginas
1ª edição / 2018 



Nenhum comentário:

Postar um comentário