EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

domingo, 27 de maio de 2018

Fátima Moniz lança livro na FGV

Fátima autografa o livro para o médico Dr. Kanga e esposa sra. Maria Delfina 















Fonte : Rozangela Silva 

O lançamento do livro de Fátima Moniz, no FGV, em Botafogo, nessa quinta (dia 24), aconteceu com ares de uma “Embaixada Angolana”. Não era pra menos, o assunto era sobre Angola, e os compatriotas fizeram questão de prestigiar a estreante literária.

Recebeu a ilustre presença do Vice Cônsul de Angola no Rio, o Sr. Alexandre Andrade. “É uma proposta que todo angolano deve conhecer, saber como foi o desempenho da Tanzânia na independência de Angola”, afirmou
O livro “Libertação e Independência de Angola”, traça a participação da Tanzânia na Independência de Angola, de Fátima Moniz, da pesquisadora nascida em Luanda. No campo histórico, é a primeira obra de Angola, sobre a temática e no campo diplomático permite um maior estreitamento nas relações entre os dois países. O livro é o resultado da tese de Mestrado em Ciências Políticas da Universidade Cândido Mendes. Aborda a participação da Tanzânia na independência de Angola, relata os anos de 1963 quando a Organização de Unidade Africana cria um órgão para apoiar os movimentos que estando sob domínio dos portugueses, que lutavam pelas suas independências. Assim como muitos movimentos de Angola, em particular o MPLA de Agostinho Neto. Além do apoio militar, que vinha da Rússia. Os movimentos que transportavam em caminhões para a Região do Leste de Angola, levando a independência de Angola, em 11 de Novembro de 1975.

Fátima com o vice cônsul Camilo Buanga 


“Acho que é uma obra muito interessante, que traz uma nova perspectiva, inédita dessa relação de Angola com Tanzânia, sobre tudo aqui no Brasil, nós não temos uma visão dessa integração desses países africanos”, atestou Daniele Sanches - Doutorada da Université Paris-Sorbonne, que assinou o prefácio da obra.

“A consolidação do trabalho de pesquisa de Fátima, acerca das questão e assuntos da África, resulta em um obra imperdível”, afirmou Nayt Jr - Assessor Institucional da Assembleia do RJ. 

Fátima recebeu o afeto de Marzarte Kanga Nicolau, um dos principais médicos e pioneiro em fertilização em Angola, que está em vista ao Rio, ao lado da esposa Maria Delfina João Jorge. Vice Cônsul Camilo Buanga, também marcou presença, entre outros convidados.

Fátiima com o vice cônsul  Alexandre Andrade 

E como não poderia ser diferente, a sessão de autógrafos ganhou coquetel regado com espumante J C Le Roux, espumante da África do Sul.

A autora Fátima Moniz, é natural de Angola, mas ainda criança foi morar em Benguela e faz questão de lembrar suas raízes, ao se titular benguelense. Morando no Rio desde 2011, é funcionária do Ministério das Relações Exteriores de Angola, no Consulado Geral de Angola, no Rio. Graduada em História pela Universidade Agostinho Neto e mestre em Ciências Políticas e Relações Internacionais pela - Universidade Cândido Mendes, em 2016.

A noite foi de estreia também da Editora Artprint. O lançamento contou com apoios da FGV e da Editora Nyandala.
Fotos de Adelino Jr.


Nenhum comentário:

Postar um comentário