EM DIA:

BEM VINDA(O) E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ROLA COM A CULTURA , ARTE E O ARTISTA NEGRO AQUI NESSE BLOG"

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Produção da música afro-brasileira é tema do “Panorama das Artes Negras: Ausências e Presenças














Fonte: Lau Francisco




Especialistas discutem o tema no CCSP com apresentação especial do Tamarindo, grupo de percussão que une sonoridades tradicionais brasileiras com roupagem contemporânea



É inegável a influência da música negra brasileira nos diversos estilos musicais, não só dentro do país, como também, em nível internacional. Mas, na realidade, qual é o balanço que se pode fazer desta produção contemporânea em seus mais diversos estilos? onde estão estas produções? Quem está realizando? Quando elas acontecem? De que forma ou formato são criadas? Que tipo de público está atingindo? Que espaços esta arte está ocupando e porque? Qual a sua visibilidade em mundo cercado de estereótipos e pré-conceitos? Algumas destas questões serão debatidas durante o Panorama das Artes Negras: Ausências e Presenças - Música - O evento acontece no dia 28 de setembro de 2014, das 15h às 20h, no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000, Sala Adoniran Barbosa), com ENTRADA FRANCA. O Panorama traz ainda uma apresentação especial do Batucada Tamarindo.



O grupo Batucada Tamarindo carrega no repertório sambas do recôncavo baiano, samba de roda, samba-chula, samba duro, afoxés da Bahia e Pernambuco. Tem como bases de música tradicional o Malinké (do oeste da África), Candomblé Nagô, Ketu, Angola, toques do Candomblé de Cuba, criando, assim, uma infinidade de formas de estudos, criação e misturas. O Batucada Tamarindo foi criado pelo percussionista Maurício Badé, com extensa bagagem profissional que inclui trabalhos com artistas como Céu, Arnaldo Antunes e Criolo (no show realizado com o etíope Mulatu Astatke).

O projeto

Quatro especialistas discutirão o tema sob a luz dos principais acontecimentos dos últimos anos, como novas propostas de produção musical, projetos que proporcionaram impacto social e criativo em jovens e adultos, a música negra no mercado cultural, entre outros. O principal objetivo do projeto é provocar reflexões sobre qual é o espaço que a música negra ocupa na cidade de São Paulo, sua formação de público, quem está consumindo este produto cultural e também sua relação com a mídia e o mercado.

A Pílula de Cultura é voltada para estudantes, acadêmicos, pesquisadores, artistas, profissionais da mídia e do mercado cultural e interessados, além de produtores da cena cultural e de todos que queiram ou têm interesse na temática. O evento é constituído de dois momentos: no primeiro uma mesa de debate com reflexões profundas acerca da linguagem artística do mês onde cada convidado acrescenta ao assunto seu ponto de vista e aspectos relacionados às suas pesquisas. No segundo, apresentações artísticas da linguagem discutida no evento. Após sete anos de existência as Pílulas de Cultura aprofundam as reflexões a respeito da produção cultural negra, traçando um panorama da cadeia de produção e levantando importantes questões. O evento vai gerar produtos que poderão ser estudados pelo público em geral, como uma publicação com os registros de todos os debates e um documentário com imagens dos encontros.

Programação

Mesa de debates: das 15h às 18h

Mediação 

Márcio Macedo
Doutorando em Sociologia na The New School for Social Research e professor assistente do curso de Comunicação Social da FMU)



Debatedores

Juliana Barbosa
Doutora em Estudos da Linguagem e pesquisadora da cultura do samba (UEL/CAPES)

Jaqueline Santos
Doutoranda em Antropologia Social pela UNICAMP,  com pesquisa sobre o Hip Hop brasileiro

Billy Malachias
Geografo, Educador e Ativista

Claudinho Miranda
Multiinstrumentista, produtor musical e empreendedor social. Líder da banda Poesia Samba Soul, Atua também como diretor musical dos espetáculos produzidos pela Cia Sansacroma.


Programação Cultural – Show Batucada Tamarindo

Das 18h30 às 20h


Serviço

“Panorama das Artes Negras: Ausências e Presenças” - Música
Dia: 28 de setembro de 2014, das 15h às 20h

Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Sala Adoniran Barbosa (Metrô Vergueiro)
Tel (11) 3397-4002 Capacidade: 622 lugares

ENTRADA FRANCA

Classificação Etária: Livre




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário